Crochet, amor antigo.

Para fechar as apresentações das minhas categorias de produção,  o 😍 Crochê ou croché ou  crochet (do francês)  😍  Ele possui algumas formas de falar e escrever, mas sou das antigas, do “interior das Minas Gerais”, fico com o Crochet. Depois de pesquisar sobre a sua origem, encontro que não existe “quando ou onde o crochê começou”. Em minha vida ele surgiu junto com meu nascimento.

Flores de tamanhos e cores variadas, para dar um charme a mais em qualquer artesanato.

8.1

Minha professora foi a tia Anita, irmã do meu pai. Ela me dava um pedaço de barbante (pra não esperdiçar  linha) para treinar. Quando o barbante chegava ao final ela desmanchava e dizia: “Faça de novo. O ponto ainda não está bom”, bem a moda antiga, treino e treino em busca da perfeição. Isso foi durante algum tempo, até que resolvi pegar uma linha Mercer Crochet fio 60, cor vermelha, para fazer um paninho de bandeja. Daí nunca mais parei, a criação começou com monogramas, bicos, barrados e outros tantos. Teve idas e vindas, como todas as minhas artes.

Corações para sachê de armário, gavetas, carro…

8.2

Hoje, é o meu mantra sagrado no final do dia, antes de dormir, meu relaxamento de um dia de dever cumprido 🙏

Organizador de banheiro feito com barbante Barroco Natural

8.4

Mug rug: roupinha e tapetinho para caneca, para enfeitar a xícara e ou proteger as mãos com charme e tomar um cafezinho.

8.7 8.6

Porta copo/xícara, 8,5cm de diâmetro. Nada de deixar aquela rodinha molhada quando servir água, suco… na mesa. Cor e tamanho que desejar, variados.

8.3

Sousplast ou jogo americano, única cor ou variada.

8.5

Mandala na capa da almofada e deixar uma boa energia no ambiente

8.08

Não posso deixar de registrar que o crochet faz parte da minha marca pessoal, pois as embalagens carregam uma florzinha de crochet.

8.8 8.9

Aqui encerro as apresentações de cada uma das minhas artes: cartonagem, costura, crochet, encadernação, pintura e scrapbook. Espero que tenham gostado e vamos ver como essa miscelância vai acontecer daqui pra frente. Um  😘  bem grande no ‍‍ (coração) de todos vcs.

Cartonagem. Chegou com novas possibilidades…

De vou de volta a OficinaFu, como é conhecida, em busca de novo amor, a Cartonagem. Não para trocar ou substituir, mas para agregar valor ao meu trabalho.

As caixas tem um papel significativo em minha vida. Não consigo olhar para uma caixa e não ter logo aquela sensação de alegria. Preciso guardar, por que pressinto que depois vou precisar exatamente ‘dessa’. Sendo assim, imagine o estoque? É grande, de todos os tamanhos, modelos e cores.

Desta vez fiz o curso com o professor Pedro Henrique, um amor, bem paciente e assim tive a oportunidade de trocar muitas figurinhas durante as aulas. Me esqueci de dizer que todas as minhas aulas foram somente eu e eu, até nisso fui agraciada, como aluna exclusiva. Aproveitei cada minutinho. Apresento a caixa livro, a primeira de muitas.

7.0

Meu filho ia se casar e queria fazer algo especial e foi então que fiz a caixa convite para os padrinhos e mademoiselles de casamento. Dando início a minha produção de caixas. De preferência, personalizadas.

7.1 7.2

Depois de tantas caixas, fiquei expert para abraçar todos os modelos, pelo menos tentar 😏

Ver a possibilidade de fazer a caixa, com tamanho, cor e modelo que a minha imaginação desejar 😔 É muito ❤️‍ ❤️‍ ❤️‍

Voilá!!! Aqui algumas 😉 😊  😉

7.3 7.5 7.6

Você escolhe o modelo, a cor, o tamanho e ela estará pronta.

Últimos modelos, ainda em fase de acabamento.

caixa porta retrato.porta tudo com caneca (2) caixa porta retrato.porta tudo com caneca (5)

E eu conheci a encadernação…

Nos cursos que fiz na Oficina do Papel, numa das conversas falei do desejo de conhecer a encadernação, daí a Virginia  me indicou a loja, Finisterre Urupês Oficina de Encadernação, em São Paulo. Foi onde conheci o Ricardo, simpatia em pessoa. Que professor!!! Encontro sempre pessoas “bem nascidas”, cheias de amor no que faz e adoram compartilhar esse saber.  Fiz cursos intensivos aproveitando os dias na terrinha santa, onde tudo se encontra.
Conheci a encadernação, colei e costurei papel, capa de papelão forrada com tecido, meu Deus!!! Quanta loucura, eu de volta a infância no mundo dos tecidos, no quartinho de costura da minha mãe. Como não poderia ser diferente, amor a primeira vista 💜 💛 💚 💙

6.0 meus aprendizados (2)

Minha pequena estante com meus aprendizados 💕 💞 💕 💕 💞 💕 no ateliê.

Resultado, muitas encomendas e produções!!! Cadernos, cadernetas, agendas, bloquinhos… Com tamanhos, miolos e cores variadas. É só desejar e a gente faz.

6.2

Achei pouco, voltei logo no ano seguinte, para aprender mais. Daí vem um novo post, para amanhã. Tudo em minha vida tem significado especial e bem celebrado 💫 ✨ 💫 ✨ 💫 ✨ nada passa sem ser curtido intensamente.

6.3

Deixo a minha gratidão 😍 de que tudo foi possível porque sempre contei com a ajuda e hospedagem carinhosa da minha amiga/cunhada, a Eliane, além de curtir todas as minha artes é tb companheira nas andanças pela 25 de março, Megartesanal, leva e trás do aeroporto, arruma e empacota as mercadorias e até mesmo empresta mala, quando a minha já não cabe mais. Resumindo “pau-prá- toda obra” bjo no seu 💖 😊 💖 que receba em dobro.